Textos



Mais um outono...

Escorrem pelos vincos beija-flores
do meu rosto, quimeras marejadas
- chorar de astros em cúpulas estreladas -

Fecundam pelos veios pecadores
dos meus seios, milongas obstinadas
- flores de barro em vísceras queimadas -

Um outono fora do tom, em mim se esvai...

É a areia na ampulheta, que cai e cai e cai...
Cabo Frio, 31 de maio de 2010 – 1h22
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Enviado por Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz em 31/05/2010
Alterado em 10/02/2012
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr