Textos


rebolas, gritas, faisão,
que tens outros universos,
pergunto: por qual a razão,
não te afastas dos meus versos?
 
A um bobo da corte.
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 11 de agosto de 2009 – 4h09

 
rebolas, gritas, faisão:
- medíocre nunca me apraz!
pergunto: - por qual razão,
meus versos tiram-te a paz?
 
A um bobo da corte.
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 11 de agosto de 2009 – 3h45
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Enviado por Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz em 30/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr