Textos

Acróstico 126

I-Invólucro da pureza
N-Nada a consome
F-Frente ao Bem – é fulgor
Â-Ânsia por viver
N-Nas pautas da inquietude
C-Cada sonho é um Sol
I-Irradia beleza e fervor
A-Aos píncaros da Esperança!

 
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Rio de Janeiro, 6 de setembro de 2016 – 00h01
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Enviado por Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz em 06/09/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr