Textos

PORTICOFPVPIQUETE.JPG

 
Saudades do meu rincão


Sinto gosto sem míngua
do amanhecer
na ponta da língua...

Deixo naco do coração
em Piquete ceder
ao ardor da paixão...

Tudo perfeito...

Até eu!

 

 Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Rio de Janeiro, 16 de julho de 2011 – 19h26

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Enviado por Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz em 19/01/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr