Textos


Vacina num dá jeito!

53578110_1263079603_p0417.gif

Falá de dô diamô, machuca mais,
num dá pra mentir não – doidera só,
doído doido, aqui e alí... demais!
Prá mim o chororô é rococó,
qui nem sombrero grande apara tais.
Viola canta braba qui nem galo
atráis das fêmea, geme-geme o falo.
Vacina aqui num dá – devorve ao cais,
qui vá curar prá longe dos meus ais.
Na roça a dô diamô desce ao gargalo...

53578110_1263079603_p0417.gif

Rio de Janeiro, 21 de fevereiro de 2012 – 00h06
Cordel de décima

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Enviado por Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz em 21/02/2012
Alterado em 02/07/2016
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr