Textos

Acróstico n. 8
Abraxus, o Poeta!



A o cair da noite, encantas Morfeu,
B olinas a Madrugada com teus versos,
R uges em paixão contra os Ventos,
A finas tuas rimas nas Estrelas,
X ingas as Palavras inobedientes,
U medeces tua Cama em aflição e, triste,
S onhas! E sonhas! E sonhas...


Cabo Frio, 8 de setembro de 2009 – 2h21min.

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Enviado por Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz em 24/04/2010
Alterado em 14/01/2014
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr