Textos

[IGNUS FATUUM]

H_omem – teu fluido seminal,
E_nfrenta todos os perigos e sensual,
L_ascivo e ameno, evapora em meu desejo.
I_nspirador e terno,
O_bsceno - és meu perfume eterno.

Ainda te quero.
Te amo e em versos te venero.

C_arvalho - nobre, lírico e pleno,
A_o teu cheiro sucumbo, desordeno,
R_emexo toda e me transmuto em feno.
V_iril veneno - és másculo ensejo
A_o meu pecado fêmeo em flor de jambo.
L_ambuzo o teu caule em lábio flambo:
H_ostil prazer que atiça em furta-cor
O_fogo-fátuo desse nosso amor.

Cabo Frio, 5 de novembro de 2007 - madrugada/manhã - 6h22.
Reformulado em 8 de novembro de 2007 - 11hs.

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Enviado por Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz em 24/04/2010
Alterado em 17/07/2018
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr